SÉRIE 180 QUESTÕES COMENTADAS DE PSICOLOGIA

QUESTÃO 11. (EBCT / 2011) Com base na teoria da personalidade de Karen Horney, julgue os itens seguintes.

 

  • Karen Horney defende a tese de que a psicologia feminina se fundamenta na falta de confiança e na ênfase exagerada nos relacionamentos.

 

  • No modelo horneyiano, a base do conflito neurótico é interpessoal, diferentemente do proposto por Freud, para quem o conflito advém da tensão entre o desejo sexual e as forças restritivas da sociedade.

COMENTÁRIO

Este é o tipo de questão tipicamente formulada pela banca CESPE/UnB. Muitos candidatos ficam confusos quando estão diante deste tipo de quesito. O que você precisa entender inicialmente é que neste modelo existe um enunciado geral para diversas questões e cada frase é um quesito independente. Você não terá alternativas para assinalar, devendo julgar a correição de cada assertiva. A resposta de cada questão será sempre Certo (C) ou Errado (E). 

 

Vamos analisar a correição de cada assertiva.

 

Karen Horney via a característica central da neurose como alienação do eu real por causa de forças opressivas no ambiente. Para Horney, o somatório das experiências da infância é responsável pelo desenvolvimento neurótico (Fadiman e Frager, 2004).

 

A principal diferença entre sua teoria e a concepção de Freud repousa na importância atribuída à influência exercida pelas condições culturais sobre as neuroses (Pervin & John, 2004).

 

  • Karen Horney defende a tese de que a psicologia feminina se fundamenta na falta de confiança e na ênfase exagerada nos relacionamentos.

 

CERTA (C) – Horney discordava gravemente do conceito freudiano de inveja do pênis como fator determinante da psicologia feminina. Ela argumentava que a psicologia feminina tem por base uma ênfase exagerada no relacionamento amoroso e na falta de autoconfiança, tendo pouco a ver com a anatomia dos órgãos sexuais.

 

  • No modelo horneyiano, a base do conflito neurótico é interpessoal, diferentemente do proposto por Freud, para quem o conflito advém da tensão entre o desejo sexual e as forças restritivas da sociedade.

 

CERTA (C) – Horney discordava de Freud também quanto ao caráter sexual-agressivo do complexo de Édipo, pois considerava que este conflito é a vivência de uma ansiedade decorrente de perturbações básicas, como rejeição, superproteção e punição no relacionamento da criança com o pai e a mãe.

 

GABARITO: CC

Administrado por: Editora Sanar LTDA - ME

CNPJ: 18.990.682/0001-92 

R. Alceu Amoroso Lima, 172 - Salvador Office & Pool, 3ro Andar - Caminho das Árvores, CEP 41820-770, Salvador - BA - Brasil Tel.: 71 3052-4831

PARA FALAR COM A NOSSA EQUIPE:

Email: suporte@concursospsi.com

WhatsApp: (71) 99672-9083