SÉRIE 180 QUESTÕES COMENTADAS DE PSICOLOGIA

QUESTÃO 144. (MPEAP / 2012) O laudo ou relatório psicológico escrito pelo psicólogo deve conter, no mínimo, 5 itens, segundo a Resolução do CFP no 007/2003. A parte do documento na qual o psicólogo faz uma exposição descritiva de forma metódica, objetiva e fiel dos dados colhidos e das situações vividas relacionados à demanda em sua complexidade corresponde ao item:

 

(A) Conclusão.

(B) Identificação.

(C) Procedimento.

(D) Análise.

(E) Descrição da demanda.

COMENTÁRIO

 

O relatório ou laudo psicológico é uma apresentação descritiva acerca de situações e/ou condições psicológicas e suas determinações históricas, sociais, políticas e culturais, pesquisadas no processo de avaliação psicológica e deve conter, no mínimo, 5 (cinco) itens:  identificação, descrição da demanda, procedimento, análise e conclusão. Vamos analisar cada uma das alternativas a fim de identificarmos a resposta ao enunciado da questão tendo como referência a Resolução CFP nº 007/2003.

 

(A) Conclusão.

 

ERRADA – Na conclusão do documento, o psicólogo vai expor o resultado e/ou considerações a respeito de sua investigação a partir das referências que subsidiaram o trabalho. As considerações geradas pelo processo de avaliação psicológica devem transmitir ao solicitante a análise da demanda em sua complexidade e do processo de avaliação psicológica como um todo.

(B) Identificação.

 

ERRADA – É a parte superior do primeiro tópico do documento com a finalidade de identificar:

 

  • O autor/relator – quem elabora;

  • O interessado – quem solicita;

  • O assunto/finalidade – qual a razão/finalidade. 

 

(C) Procedimento

 

ERRADA – A descrição do procedimento apresentará os recursos e instrumentos técnicos utilizados para coletar as informações (número de encontros, pessoas ouvidas etc) à luz do referencial teórico-filosófico que os embasa. O procedimento adotado deve ser pertinente para avaliar a complexidade do que está sendo demandado.

 

(D) Análise.

 

CORRETA – É a parte do documento na qual o psicólogo faz uma exposição descritiva de forma metódica, objetiva e fiel dos dados colhidos e das situações vividas relacionados à demanda em sua complexidade. 

 

(E) Descrição da demanda.

 

ERRADA – Esta parte é destinada à narração das informações referentes à problemática apresentada e dos motivos, razões e expectativas que produziram o pedido do documento. Nesta parte, deve-se apresentar a análise que se faz da demanda de forma a justificar o procedimento adotado.

 

GABARITO: (D) Análise.

EXPERIMENTE GRÁTIS O SISTEMA VIP

Administrado por: Editora Sanar LTDA - ME

CNPJ: 18.990.682/0001-92 

R. Alceu Amoroso Lima, 172 - Salvador Office & Pool, 3ro Andar - Caminho das Árvores, CEP 41820-770, Salvador - BA - Brasil Tel.: 71 3052-4831

PARA FALAR COM A NOSSA EQUIPE:

Email: suporte@concursospsi.com

WhatsApp: (71) 99672-9083