SÉRIE 180 QUESTÕES COMENTADAS DE PSICOLOGIA

QUESTÃO 58. (TJRJ/2012) A abordagem winnicottiana apontou a importância da criança poder confiar em seus pais (ou pessoas que a cercam) e de que cada criança gradualmente adquira um senso de segurança e entende que boas condições nos estágios iniciais de desenvolvimento conduzem a um senso de segurança, que leva

 

(A) ao automerecimento.

(B) à autogestão.

(C) ao autocontrole.

(D) à autoaliança.

(E) à heterocolisão.

COMENTÁRIO

Segundo Winnicott (2011), a base da saúde mental é estabelecida no início da vida por meio do provimento de cuidados dispensados ao bebê por um ambiente suficientemente bom. O bebê depende da disponibilidade de um adulto sinceramente preocupado com os seus cuidados, alguém que possa contribuir para uma adaptação ativa e sensível às suas necessidades.

 

Na sua teoria do desenvolvimento emocional, Winnicott constrói uma linha de abordagem que vê o indivíduo como estando sujeito, no início da vida, a uma dependência quase absoluta, que vai aos poucos diminuindo em grau e tendendo ao estabelecimento da autonomia e do autocontrole.

 

Os cuidados maternos, e depois a família, devem servir de base segura para o desenvolvimento da autonomia, permitindo ao indivíduo que transite livremente da dependência para a independência.

 

O modo como o cuidado é prestado determina a forma como o indivíduo se relaciona com outras pessoas ao longo da vida. O indivíduo sadio não se torna isolado, mas se relaciona com o ambiente de tal modo que pode se dizer que ambos se tornam interdependentes.

 

GABARITO: (C) ao autocontrole.

EXPERIMENTE GRÁTIS O SISTEMA VIP

Administrado por: Editora Sanar LTDA - ME

CNPJ: 18.990.682/0001-92 

R. Alceu Amoroso Lima, 172 - Salvador Office & Pool, 3ro Andar - Caminho das Árvores, CEP 41820-770, Salvador - BA - Brasil Tel.: 71 3052-4831

PARA FALAR COM A NOSSA EQUIPE:

Email: suporte@concursospsi.com

WhatsApp: (71) 99672-9083