SÉRIE 180 QUESTÕES COMENTADAS DE PSICOLOGIA

QUESTÃO 96. (PMAM / 2011) No caso de psicoterapias de base psicanalítica, a seguinte técnica NÃO faz parte do conjunto de recursos comumente utilizados:

 

(A) manejo da associação-livre;

(B) interpretação dos sonhos;

(C) interpretação do vínculo transferencial;

(D) estratégias de enfrentamento.

COMENTÁRIO

MANEJO DA ASSOCIAÇÃO LIVRE – Técnica segundo a qual o paciente é instruído a comparecer à sessão com a disposição para falar sobre tudo que vier à sua mente, mesmo quando o conteúdo lhe seja embaraçoso ou sem sentido, possibilitando que o analista identifique o conteúdo inconsciente por meio do discurso.

 

INTERPRETAÇÃO DOS SONHOS – Na Psicanálise, o trabalho do sonho é entendido como a realização de um desejo inconsciente, cujo conteúdo se expressa por meio de imagens substitutivas do verdadeiro significado, pois o recalque dos conteúdos originais os distorcem para que possa se manifestar na consciência. O modo como estas imagens inconscientes são distorcidas ocorre por meio dos processos de condensação e deslocamento. A interpretação dos sonhos é considerada por Freud como a principal via de acesso ao inconsciente, pois permite o conhecimento acerca dos conteúdos recalcados e do funcionamento psíquico do paciente.

 

INTERPRETAÇÃO DO VÍNCULO TRANSFERENCIAL – transferência é o processo segundo o qual o paciente realiza no setting analítico a atualização de suas relações com objetos anteriores (relações primárias), através da projeção inconsciente destes conteúdos sobre o analista. As relações primárias resultam na maneira como a pessoa se relaciona com o mundo e, portanto, com o analista. A instauração da transferência é ponto fundamental do processo de análise, pois permite que o paciente elabore o conflito primário. Assim, considera-se que a situação analítica está instaurada quando é estabelecida a neurose de transferência.

 

ESTRATÉGIAS DE ENFRENTAMENTO – termo também conhecido como coping, diz respeito às ações cognitivas e comportamentais utilizadas pelo indivíduo frente a situações estressantes (situações de dano, ameaça, desafio), tanto por demandas internas como externas, que ultrapassam o repertório do indivíduo, ocasionando desequilíbrio emocional, pessoal e social (Lazarus e Folkman, 1984).

 

GABARITO: (D) estratégias de enfrentamento.

EXPERIMENTE GRÁTIS O SISTEMA VIP

Administrado por: Editora Sanar LTDA - ME

CNPJ: 18.990.682/0001-92 

R. Alceu Amoroso Lima, 172 - Salvador Office & Pool, 3ro Andar - Caminho das Árvores, CEP 41820-770, Salvador - BA - Brasil Tel.: 71 3052-4831

PARA FALAR COM A NOSSA EQUIPE:

Email: suporte@concursospsi.com

WhatsApp: (71) 99672-9083